O Maior Crime da História Humana

O vídeo abaixo foi publicado no dia 20 de julho de 2020. Foi produzido pelo médico britânico Dr. Vernon Coleman e traduzido e legendado por mim.

 

Transcrição do vídeo:

00:01 Fiz coisas estranhas na vida.
00:04 Depois de sair da escola, e antes de entrar
00:07 na faculdade de medicina, passei um ano trabalhando
00:09 de voluntário num lugar chamado Kirkby, nos arredores de Liverpool.
00:15 Recrutei um pequeno exército de adolescentes
00:18 para pintar os apartamentos dos velhinhos.
00:21 Dirigi também uma Kombi do sopão.
00:24 Pode parecer meio chato, mas como não tinha
00:27 nem breque nem faróis era até que divertido.
00:30 Como voluntário eu tinha uma mesada de 30 shillings por semana
00:35 então arrumei dinheiro como crítico de arte em um jornal local.
00:40 Quando entrei na faculdade, continuei escrevendo os artigos
00:44 até me tornar um crítico de arte num jornal diário.
00:47 Operei uma casa noturna chamada “A Forca”.
00:50 Eu recebia pelos artigos, mas a casa noturna era…
00:53 sem fins lucrativos. Era bem divertido.
00:55 Todo mundo devia, ao menos uma vez na vida, cuidar de uma casa noturna.
00:58 E eu escrevia ficção para algumas revistas.
01:04 Eu lembro que, toda semana,
01:05 o novo fascículo começava com um parágrafo de
01:08 explicação para os novos leitores
01:10 sobre os acontecimentos nas semanas anteriores.
01:12 Foi engraçado espremer os eventos de doze semanas
01:16 de capítulos em apenas um parágrafo.
01:20 O parágrafo sempre começava com as palavras…
01:22 “Novos leitores: comecem por aqui…”
01:26 embora as palavras também servissem para os leitores
01:28 regulares lembrarem o que já havia ocorrido.
01:32 Não sei porque me lembrei dessas estórias
01:35 tão antigas, de quando eu fazia medicina,
01:38 e do parágrafo “novos leitores comecem por aqui”.
01:42 Me vieram à mente do nada, mas ontem me ocorreu
01:47 que eu estava ficando meio confuso
01:49 com tudo o que já aconteceu com a farsa do coronavírus.
01:52 Já está aí há tanto tempo…
01:54 Me pareceu útil escrever algumas palavras
01:57 explicando a história até o momento.
02:00 Quanto mais você examina, menos verossímil se torna.
02:05 E, estranhamente, mais verossímil.
02:08 Então vamos lá. Tudo começou lá pelo final de 2019,
02:15 embora ninguém tenha muita certeza da data,
02:18 ou mesmo se começou de fato, e parece ter partido da China.
02:23 São tantos mistérios…
02:25 Mas foi só em meados de fevereiro de 2020
02:28 que as pessoas começaram a entrar realmente em pânico.
02:31 Um cara do Imperial College, em Londres,
02:34 deixou milhões de pessoas com o coração na mão por prever
02:37 600 mil mortes só no Reino Unido.
02:42 Surgiram estórias: milhões adoeceriam na Inglaterra
02:46 e hospitais do mundo inteiro seriam soterrados pelos enfermos.
02:51 Disseram que estávamos para ser devastados por uma
02:54 espécie de peste bubônica, que arrasaria o mundo como
02:58 só a gripe espanhola tinha feito cem anos antes.
03:03 A mídia, como sempre, comandou o pânico. Em questão de dias…
03:06 o pessoal cancelou feriados e, em pânico,
03:08 compraram rolos de papel higiênico, sabão e pão.
03:11 Os britânicos sempre compram rolos de papel higiênico, sabão e pão
03:15 em horas de crise.
03:16 Circularam fotografias de gente empurrando carrinhos
03:20 com enormes pilhas de papel higiênico.
03:23 O curioso é que os que mais compravam papel higiênico não pareciam comprar alimento,
03:27 mas seria de se imaginar que sem o último não haveria muito uso para o primeiro.
03:33 O mercado de ações teve um colapso nervoso
03:36 e desmaiou num canto, como sempre faz em momentos assim.
03:39 O sujeito chamado Ferguson, que começou toda a agitação
03:44 e aparentemente é um misto de matemático e astrólogo,
03:49 foi entrevistado e citado em toda parte por suas lúgubres previsões.
03:55 O pessoal sorveu cada palavra sua. A BBC e os jornais
03:59 nos incentivaram a ficar apavorados.
04:02 Em 28 de fevereiro,
04:04 eu noticiei que nos disseram que
04:06 as máscaras não serviam para muita coisa.
04:09 Nessa altura, lá em fevereiro,
04:11 me intrigou o estardalhaço que se fazia por algo
04:13 que não me parecia ser mais nocivo do que a gripe.
04:17 Então decidi olhar mais de perto.
04:19 Ao ver os números publicados, na mesma hora ficou absolutamente óbvio
04:24 que alguma coisa não estava certa.
04:27 Não estou aqui olhando pelo “retrospectoscópio”,
04:30 esse instrumento muito útil para ver o passado e parecer sábio.
04:34 Expressei minhas dúvidas logo no início em meu site
04:38 e indiquei que, de acordo com a OMS,
04:41 é comum que 650 mil pessoas morram de gripe
04:46 numa única temporada.
04:48 Comecei a cogitar algum plano secreto e vários me ocorreram.
04:52 No dia 28 de fevereiro, eu sugeri que o vírus poderia ser usado
04:57 para impedir viagens desnecessárias, e guardar
04:59 o petróleo para coisas mais importantes, tais como
05:02 limusines para o Primeiro Ministro, caças,
05:06 ou para levar o príncipe Charles aos eventos de mudanças climáticas,
05:10 ou para nos amaciar antes da vacinação compulsória.
05:14 Esse artigo do site está no meu livro “Coming Apocalypse”,
05:17 publicado em abril.
05:19 Evidentemente me chamaram de lunático.
05:24 Em 2 de março eu mostrei que
05:26 as taxas de letalidade citadas estavam erradas,
05:29 porque as autoridades identificavam só as pessoas
05:32 que caíam gravemente doentes.
05:34 e não contavam os milhares que tinham a doença
05:37 mas não estavam tão mal.
05:39 Eu comentei (no dia 2 de março):
05:42 se 1000 pessoas vão ao médico com gripe, e uma delas morre,
05:47 a taxa de letalidade é 0,1%.
05:50 Mas se outras 9000 pessoas têm gripe e não vão ao médico,
05:54 então a taxa de letalidade é 0,01%.
06:01 Ninguém pareceu interessado em minhas idéias, exceto uns poucos
06:04 fiéis leitores do site, aos quais agradeço,
06:07 e o pânico seguiu aumentando.
06:09 Previ que os governos usariam a crise para
06:12 acabar com o dinheiro em papel e se livrar dos velhinhos.
06:17 Na época aquilo me lembrou bem o terror da AIDS.
06:20 A TV e os jornais se uniram para ignorar os fatos e fomentar o medo.
06:25 A BMA [Associação de Médicos Britânicos] avisou que todos seriam afetados até o ano 2000.
06:30 Eu arrumei sérios problemas por argumentar,
06:32 e com toda razão, que o medo tinha sido exagerado
06:35 por lobistas com segundas intenções.
06:38 Em 3 de março eu avisei de novo que chegaria a vacinação obrigatória.
06:45 O pânico cresceu e as pessoas saíram às ruas
06:48 com caixas de plástico na cabeça.
06:51 Os governos pareceram também entrar em pânico
06:54 e, no Reino Unido, o coronavírus passou a ser de notificação obrigatória.
06:58 Em poucos dias, em toda parte, os médicos alertavam que
07:01 teríamos de deixar os idosos morrerem,
07:03 porque o vírus mataria milhões e todos os leitos de hospital
07:07 seriam usados para pacientes jovens com coronavírus.
07:12 Em 7 de março eu noticiei a torcida
07:15 que havia para que os idosos morressem mesmo aos montes.
07:19 “Vai ser uma limpa nos leitos hospitalares”, disse um comentarista.
07:25 Em 14 de março eu ainda estava praticamente sozinho
07:28 entre os médicos, insistindo que o coronavírus
07:31 não mataria todo mundo.
07:33 Lembrei-me das gripes aviária e suína.
07:36 Eu tinha descartado os terrores
07:38 sobre as duas doenças na época, mas as autoridades
07:40 tinham apelado para o exagero.
07:43 A OMS tinha afirmado que a gripe aviária
07:46 faria 150 milhões de mortos. Eu disse que era bobagem.
07:50 No fim a gripe aviária matou menos de 500 pessoas.
07:55 O governo britânico afirmou que a gripe suína mataria
07:58 65 mil em 2009
08:01 e gastou 500 milhões de libras em remédios que foram jogados no lixo.
08:07 O número total de mortes também não chegou a 500.
08:10 Foi só um pouco mais tarde que eu descobri:
08:13 essas previsões completamente erradas
08:16 tinham sido obra do professor Ferguson, do Imperial College em Londres,
08:21 uma instituição fartamente financiada por quem adora vacinas:
08:24 a fundação Bill e Melinda Gates.
08:27 Ferguson também tinha feito previsões completamente furadas
08:30 sobre a doença da vaca louca.
08:32 Ele previu que 150 mil pessoas morreriam,
08:37 mas o total foi de 177.
08:41 E foi o Imperial College que fez as previsões horríveis sobre a febre aftosa.
08:47 As previsões de Ferguson, mais tarde consideradas
08:49 extremamente equivocadas,
08:51 motivaram o sacrifício desnecessário de 6 milhões de animais
08:55 e custaram 10 bilhões de libras ao Reino Unido.
09:00 Apesar de saberem toda essa história,
09:02 os governos britânico e americano
09:04 e, na verdade, quase todo o resto do mundo,
09:06 ouviram as previsões de Ferguson, aceitaram-nas com entusiasmo,
09:10 e decretaram confinamentos e distanciamento social.
09:15 Na época estava claro que os governos teriam feito melhor negócio
09:17 se ignorassem Ferguson e sua equipe do Imperial College,
09:21 os perdedores do concurso musical Eurovision no mundo dos
09:24 modelos matemáticos, e pedissem conselho
09:27 para Bob, o Construtor ou para o Carteiro Paulo.
09:30 O mundo estaria melhor e mais seguro,
09:33 embora, talvez, menos lucrativo para os fabricantes de vacinas.
09:37 Irritado pelo jeito como as pessoas vinham sendo aterrorizadas
09:40 por uma doença que obviamente não matava mais que a gripe,
09:43 eu postei um vídeo no YouTube em 18 de março, com o título
09:47 “O Terror do Coronavírus: A Farsa do Século”
09:52 Já recebi muitos insultos ao longo dos anos,
09:54 especialmente de pessoas contratadas por empresas farmacêuticas, mas desta vez
09:58 a agressão foi fenomenal, deliberada e impiedosa.
10:02 Virei alvo de sarcasmo, de difamação,
10:06 de calúnia, numa campanha tão cruel
10:08 que me arrependo de ter feito aquele vídeo mais do que tudo que já fiz.
10:12 Me pergunto quanta gente perde a coragem de falar
10:15 devido à malícia de ogros irracionais e ignorantes
10:19 e falsos “checadores de fatos” que se escondem atrás
10:22 de nomes idiotas e falsos, babam nos teclados,
10:25 assombram a Internet,
10:27 e tentam abafar a verdade com mentiras transparentes.
10:31 No devido tempo eu vou identificar esses ogros agressivos e processá-los.
10:35 Será bom vê-los arrastados ao tribunal, bajulando e choramingando.
10:38 Uma coisinha que aguardo com satisfação assim que tudo isto tudo acabar.
10:43 Eles acham que podem ficar no anonimato, mas estão enganados,
10:46 e o custo da difamação pode chegar aos milhões.
10:50 Andei ocupado com esses vídeos, mas já estou perto de identificar
10:53 alguns dos ogros.
10:55 Por exemplo, um administrador da Wikipédia,
10:58 confesso especialista em computação, na casa dos 50 anos,
11:01 casado, com dois filhos, que trabalha na Dell,
11:04 talvez queira saber que é tarde demais
11:06 para botar a casa em nome da esposa,
11:09 porque os advogados estão chegando.
11:11 Ele diz que a esposa é tolerante, mas me pergunto se será tão tolerante
11:15 quando ela e seu for marido excêntrico estiverem morando numa barraca ventosa.
11:19 Não se preocupe. Eu posso esperar enquanto você sua.
11:24 Eu continuei publicando mais vídeos,
11:26 já que não gosto de ser intimidado por brutos agressivos.
11:30 Porque obviamente já não dava mais para parar,
11:33 mas principalmente porque eu estava irritado com todas as mentiras
11:36 e com as pessoas sendo transtornadas sem motivo.
11:39 As coisas feitas pelos cientistas e políticos
11:42 a mim me pareciam obviamente abomináveis.
11:46 Em 19 de março, os órgãos de saúde no Reino Unido
11:49 e o Conselho Consultivo em Micro-organismos Nocivos (ACDP)
11:53 decidiu que a nova doença
11:55 não devia mais ser classificada como
11:59 “doença infecciosa de alta importância”
12:03 O coronavírus foi rebaixado ao nível da gripe.
12:08 Apesar disto, dois dias depois da decisão o governo britânico
12:11 instaurou os confinamentos e aprovou a lei mais opressiva
12:15 da história do parlamento britânico.
12:17 A Lei da Emergência, com 358 páginas,
12:22 fez da Grã-Bretanha um estado totalitário
12:24 dando ao governo e à polícia poderes sem precedente.
12:28 Reuniões públicas e eleições foram proibidas
12:31 e apareceram novos poderes referentes
12:33 a “restrições no uso e na divulgação de informações.”
12:38 Curiosamente, e até inexplicavelmente,
12:42 praticamente o mesmo aconteceu no mundo todo.
12:44 Obedecendo às diretrizes de Ferguson,
12:46 os governos implantaram confinamentos e distanciamento social,
12:50 ordenaram que os idosos ficassem dentro de casa,
12:52 mandaram tirar milhares de velhinhos dos hospitais e colocá-los em asilos
12:56 e cancelaram cirurgias e outros procedimentos em milhões de pacientes.
13:02 No Reino Unido, ordenou-se que as pessoas se mantivessem a dois metros umas das outras.
13:07 Talvez para que pudessem celebrar quando, mais tarde, foi dito
13:10 que só precisavam ficar a um metro de distância.
13:12 É um antigo truque psicológico:
13:14 Assuste alguém com algo terrível
13:16 e depois ele vai rejubilar quando você trocar o terrível
13:20 e por alguma coisa meramente horrorosa.
13:23 Psicólogos da lavagem cerebral têm estado bem ocupados
13:25 durante todo este fiasco.
13:28 A doença acabou se mostrando excepcional,
13:30 já que os médicos faziam o diagnóstico sem qualquer teste
13:33 e, em certos casos, sem ao menos ver o paciente.
13:37 A lista de sintomas associados ao coronavírus
13:40 cresceu e cresceu. A versão oficial era que qualquer um
13:43 que tivesse um desses sintomas — tosse ou espirro — estava com a doença.
13:49 Milhares de pacientes foram mandados aos asilos
13:52 para deixar os hospitais vazios,
13:53 pois assim as enfermeiras podiam dançar e ensaiar palmas.
13:57 No Reino Unido, os médicos ficaram tão bons em diagnósticos falsos
14:01 de coronavírus, que a Grã-Bretanha logo assumiu a liderança mundial no número
14:05 de mortes por coronavírus.
14:08 Meses atrás, ainda em março,
14:10 apontei que qualquer pessoa que não estivesse crivada de balas
14:14 era contada como “morte por COVID-19”
14:17 e os totais de mortes estavam exagerados.
14:21 Mal sabia que até mesmo os corpos cheios de buracos de bala
14:24 eram listados como mortos por COVID-19.
14:26 Harold Shipman, o assassino serial, estaria feliz pra caramba.
14:31 Qualquer pessoa que alguma vez tivesse tido Covid-19
14:34 era contada como tendo morrido disso,
14:36 mesmo que fosse atropelada por um ônibus
14:38 ou picada a machadadas por um político doido.
14:41 Oficialmente era impossível se recuperar da doença.
14:45 Minha suspeita é que o governo britânico, vendo
14:47 a emenda pior do que o soneto,
14:49 está agora ávido por reduzir o número de mortes por Covid-19.
14:53 Em 30 de março eu previ que os confinamentos
14:57 matariam entre 100 mil e 250 mil pessoas na Inglaterra.
15:03 Previ que o resultado seria
15:05 que muito mais gente seria morta por causa dos confinamentos
15:08 do que devido ao vírus.
15:11 Está no meu livro “Coming Apocalypse”, publicado em abril.
15:15 Não estou inventando.
15:16 Apesar disto ainda sou muito bloqueado.
15:19 Ontem o YouTube derrubou mais um dos meus vídeos,
15:22 sobre as máscaras.
15:25 A tragédia é que o governo britânico agora admitiu
15:28 que essa previsão também se provou correta.
15:31 Nos próximos anos,
15:32 o número de mortes resultantes do fechamento de departamentos hospitalares
15:36 vai disparar até níveis inimagináveis.
15:39 Os suicídios, como previ, também vão disparar.
15:43 Na verdade, já estão.
15:45 Exatamente a mesma coisa acontece em outros países.
15:48 Isto é um crime global.
15:52 Nos próximos anos, as mortes causadas pelo fechamento de hospitais
15:56 irá subir até níveis inacreditáveis.
15:59 A isto precisamos acrescentar as mortes por miséria,
16:03 à medida que o desemprego vai subindo
16:05 a um patamar sem precedentes.
16:07 De novo: eu previ isso lá atrás, em março.
16:11 Também foi ficando cada vez mais claro
16:13 que o número de pessoas que morreram de Covid-19
16:16 é muito menor do que o número que morre regularmente de gripe
16:20 no mesmo intervalo de tempo.
16:22 As taxas de letalidade do Covid-19 e da gripe
16:25 são praticamente idênticas.
16:27 O total de pretensos mortos por coronavírus
16:30 é absolutamente exagerado,
16:32 já que as pessoas com o vírus são descritas como mortas POR ele.
16:36 Alguns médicos se manifestaram,
16:38 mas a maioria está assustada demais, já que os governos,
16:41 pela primeira vez na história, proibiram médicos e enfermeiras
16:45 de discutir ou questionar as políticas oficiais.
16:49 Dizem que o coronavírus
16:51 já infectou mais ou menos 10 milhões de pessoas,
16:53 mas a gripe chega a infectar 1 bilhão por ano.
16:57 Isto condiz com o que eu disse (em março!):
17:00 o vírus parece menos infeccioso do que a gripe.
17:04 É claro que o total mundial de mortes por coronavírus,
17:07 mesmo com os números absolutamente exagerados,
17:11 produzidos contando cada morte como se fosse relacionada ao coronavírus,
17:15 é muito menor
17:17 do que as 650 mil mortes por gripe
17:20 numa única temporada.
17:22 Também é muito menor do que os 1,5 milhões
17:26 que chegam a morrer de tuberculose
17:29 num único ano,
17:30 também, não esqueçamos, uma doença infecciosa.
17:35 Agora que já é tarde demais para fazer alguma diferença,
17:37 os governos estão fazendo um monte de testes, que
17:40 estão mostrando que mais pessoas têm o vírus.
17:43 Só políticos e desmiolados se surpreendem com isto.
17:47 Se você testar mais gente, especialmente usando testes
17:50 tão confiáveis quanto as previsões de Ferguson,
17:53 vai encontrar mais gente com ele, só que sem sintomas.
17:57 Muitos que agora testam positivo são jovens e saudáveis,
18:02 com a mesma probabilidade de morrer caindo da escada
18:06 ou de morrer por Covid-19.
18:08 O número T, a taxa de infecção, é irrelevante.
18:12 O que interessa é o número M, o número de pessoas que morrem.
18:16 Só que ninguém fala disto.
18:19 E assim, agora que o vírus se torna menos virulento
18:22 e parece desaparecer; agora que a taxa de letalidade
18:24 cai vertiginosamente
18:26 e não demora até que andar a cavalo ou cair do cavalo
18:30 mate mais gente do que o coronavírus,
18:33 os governos alertam sobre uma segunda onda,
18:35 os confinamentos estão voltando,
18:37 e, na Inglaterra, o uso de máscaras no comércio
18:40 será obrigatório.
18:42 Quando diziam que a doença estava na pior fase,
18:45 as máscaras eram consideradas desnecessárias
18:48 Mas quando caiu o número de mortos,
18:50 então perceberam que precisavam nos manter atemorizados
18:53 até que a vacina estivesse pronta.
18:54 Recomendar máscaras é um bom jeito de manter o nosso medo,
18:59 e de nos fazer parecer tontos.
19:01 Quem quer que tenha visto o presidente francês Macron usando máscara
19:05 sabe o quanto se pode parecer tonto,
19:08 e quanto é impossível levar a sério alguém
19:11 usando metade de um sutiã na cara.
19:14 Podiam ter nos obrigado a dar nós nos lenços
19:17 para que lembrássemos de ficar com medo,
19:19 mas nos dias de hoje todo mundo usa lenços de papel,
19:21 e é difícil dar nós em lenços de papel.
19:26 Em meados de julho parecia que o vírus tinha poderes inauditos.
19:32 Se você pega uma doença, geralmente adquire imunidade.
19:35 Mas não, ao que parece, com o Covid-19.
19:38 Embora esta alegação tenha sido descartada na primeira vez,
19:41 anunciaram novamente que a imunidade ao Covid-19
19:45 desaparecia misteriosamente depois de alguns meses.
19:48 A solução, é claro,
19:50 será a vacinação repetida.
19:52 Talvez precisemos tomar quatro vacinas por ano.
19:56 Talvez nos digam que precisaremos tomar vacina todo mês.
20:01 O governo britânico já acertou a compra
20:04 de 190 milhões de doses de vacina.
20:09 A população do Reino Unido não chega a um terço disto.
20:14 As ações dos fabricantes de vacinas irão às alturas.
20:17 Que gigantesca surpresa isso será!
20:20 E eu receio que o ponto seja este: não uma vacinação,
20:24 não vacinação anual,
20:25 mas muitas vacinações por ano.
20:28 Se a ciência parece ter enlouquecido,
20:31 não ficam atrás as regras, os regulamentos,
20:33 as leis.
20:34 As regras agora são indizivelmente estúpidas,
20:37 incompreensíveis, indefensáveis.
20:40 Se me dissessem que foram escritas por um jumento de cinco anos, eu acreditaria.
20:44 O mundo inteiro parece ser comandado por pessoas
20:46 que têm no mínimo um parafuso e uma porca a menos.
20:50 Pode ir ao bar, mas não ao boliche.
20:54 Pode fazer permanente e pintar as unhas,
20:56 mas as seções de fisioterapia ainda estão fechadas.
21:01 Se a idéia é manter as pessoas confusas, desoladas e à beira do suicídio,
21:05 está funcionando que é uma beleza.
21:09 Ah! Os pesquisadores agora afirmam que a dermatite
21:12 é outro sintoma de Covid-19.
21:14 Aparentemente, 8,8%
21:16 dos pacientes que testam positivo para o Covid-19
21:18 têm também uma dermatite.
21:21 Será que ninguém percebeu que se uma erupção aparece nas mãos do sujeito,
21:24 então é causada provavelmente pelo maldito
21:26 álcool gel que forçaram todo mundo a usar em quantidades absurdas?
21:32 Estamos vivendo um pesadelo fabricado.
21:36 Ou se trata da mais improvável
21:38 e mais mal controlada epidemia da história humana,
21:41 ou se trata, como descrevi em meu vídeo de 18 de março,
21:45 da farsa do século,
21:47 com motivos obscuros por trás do que tem acontecido.
21:51 No primeiro caso, temos de demitir e prender todos os envolvidos nas decisões.
21:56 E temos de acabar
21:58 com esse negócio de máscaras e com as maluquices de distanciamento social
22:01 que ainda nos forçam a seguir.
22:03 No segundo caso, temos de demitir e prender todos os envolvidos nas decisões.
22:09 E temos de acabar com esse negócio de máscaras
22:11 e com as maluquices de distanciamento social
22:14 que ainda nos forçam a seguir.
22:15 E precisamos de um inquérito judicial independente
22:19 sobre quem está por trás
22:21 de uma operação comercial e política
22:23 que só pode ser descrita como genocídio.
22:28 Lá em fevereiro
22:29 eu disse que a farsa poderia ser um plano
22:32 para implantar a vacinação compulsória.
22:35 Uma grande empresa farmacêutica afirma que espera ter prontos
22:38 dois BILHÕES de doses de uma vacina até setembro.
22:42 Será uma vacina obrigatória?
22:44 Que tipo de teste terá sido feito até la?
22:46 E com que freqüência vão nos dizer que temos que ser vacinados?
22:50 Este pesadelo fica mais aterrador a cada dia.
22:54 E, com as proibições e as agressões que não param de vir,
22:57 há momentos em que eu queria ser um avestruz
22:59 com a cabeça enterrada bem fundo na areia.
23:03 Não sei nada sobre como o YouTube funciona, mas parece
23:06 ser um pouco como O Processo de Kafka.
23:10 Me dizem que eles levam a sério o número de comentários e de curtidas.
23:14 Até agora o YouTube já tirou do ar quase
23:16 uma dúzia dos meus vídeos por conterem
23:19 verdades inconvenientes ou embaraçosas.
23:22 Se você quiser ajudar a manter o resto dos meus vídeos no ar,
23:25 por favor, aperte o “joinha”,
23:27 e ponha uma nota amigável ou um comentário alegre.
23:30 Sou imensamente grato àqueles que fazem comentários gentis
23:33 e apertam o botão “joinha”.
23:35 Alguns, porém, se esquecem,
23:37 e é algo muito simples que realmente ajuda.
23:40 Por favor, peça que os seus conhecidos assistam a este vídeo
23:43 Sinceramente, não imagino como, depois de assistir
23:46 ou ler a transcrição no meu site vernoncoleman.com
23:49 pode haver alguma dúvida de que mentiram para nós,
23:54 nos trapacearam, e colocaram nossas vidas em risco.
23:58 Em março eu defini a coisa como uma farsa.
24:02 Agora eu a defino como o maior crime da história humana.
24:06 Quem assiste a isto e não vê a verdade
24:09 ou trabalha para algum governo e não liga
24:11 para si mesmo, para sua família ou para a verdade,
24:14 ou é um zumbi babão, de olhar ausente, que mora nas trevas,
24:18 assiste à BBC e acha que Bill Gates
24:21 é um sujeito bom e amável
24:23 que deseja salvar o mundo,
24:25 e não um psicopata sorridente que planeja dominar o mundo
24:29 e que faz o pior inimigo do James Bond
24:33 parecer um benevolente papai noel.
24:36 Lembre: você não está sozinho.
24:39 Pode apertar o “joinha” agora, por gentileza.
24:43 Obrigado por assistir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s